sexta-feira, 2 de abril de 2010

O dilema de Henrique Alves

No seu renomado blog a jornalista Thaisa Galvão mostra o dilema que o deputado federal Henrique Alves está enfrentando para decidir o destino do PMDB nas próximas eleições. Veja alguns trechos:

Henrique Alves a caminho de apoiar Rosalba

A resposta do TRE ao questionamento do PR vai totalmente de encontro ao que estava planejando o PMDB, após consultar o Tribunal e interpretar a resposta de outra forma. Para o deputado Henrique Alves, estava tudo certo do partido não se coligar na majoritária, dele apoiar o governadorável Iberê Ferreira, de Garibaldi apoiar a governadorável Rosalba Ciarlini...e na proporcional, os partidos se coligavam como achassem conveniente.

Com a resposta ao PR, que saiu igualzinha à resposta já declarada pelo TSE, o deputado Henrique Alves tem 5 alternativas:

1- Vai sozinho na proporcional, e luta para conseguir 220 mil votos e se eleger...risco grande até demais, já que o campeão de votos nas eleições passadas, deputado Fábio Faria, não chegou a 200 mil...

2- O PMDB se coliga com o PV, caso o PV fique solteiro e não se coligue com o DEM da senadora Rosalba, indo Henrique e o vereador Paulo Wagner conquistar 440 mil votos e dividir entre os dois...

3- O PMDB se coliga na majoritária apoiando Iberê Ferreira e levando Garibaldi para o sistema governista...o que é a morte para Garibaldi...

4- Henrique deixa o sistema governista e Garibaldi deixa o rosalbismo, e ambos caem no colo da candidatura do ex-prefeito Carlos Eduardo (PDT)...deixando a chapa inchada de tanto Alves...

5- Henrique troca o sistema governista pelo rosalbismo e o PMDB se coliga com o DEM.

Para quem acha que a opção número 5 é a mais difícil de acontecer... Apertem os cintos!!!! A amigos próximos, Henrique já tem declarado: pode sim, se coligar com o DEM de Rosalba e Agripino. foto:oglobo.

Nenhum comentário: