sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Dívida de R$ 270 milhões foi parcelada em R$ 200/mês

O presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro Ari Pargendler, suspendeu os efeitos de Mandado de Segurança obtido por uma empresa optante pelo Simples para que fosse mantida em programa de parcelamento de dívida fiscal. Segundo a Fazenda Nacional, o débito equivale atualmente a R$ 270 milhões, mas em seis anos a empresa recolheu apenas R$ 14 mil, em pagamentos mensais de R$ 200. A dívida inicial era de R$ 180 milhões. Para o ministro, o non sensedo parcelamento é evidente... Continue lendo.

Nenhum comentário: